Ô minha filha, as suas dores não são as maiores do mundo e nem vão ser. Sacode a poeira. Toma um banho de rio. Abre essas asas. Grita alto, chora baixo. Pula alto e cai de cara. Desenha toda a beleza do mundo. Compra uma caixa de lápis de cor e sai aí colorindo a vida.

Tati Bernardi.   (via afetuando)


Quinze anos! É a idade das primeiras palpitações, a idade dos sonhos, a idade das ilusões amorosas, a idade de Julieta; é a flor, é a vida, e a esperança, o céu azul, o campo verde, o lago tranqüilo, a aurora que rompe, a calhandra que canta, Romeu que desce a escada de seda, o último beijo que as brisas da manhã ouvem e levam, como um eco, ao céu.

Machado de Assis.  (via romantizar)

Nossa relação foi como pular de paraquedas, no começo eu sentia muito medo, mas você foi me dando confiança, durou pouco tempo, mas foi o suficiente para sempre me lembrar dessa experiência.

Gramaticas (via inflamou)

Admito que doeu, que me sufocou. Admito que eu não sabia pra onde correr. Admito que me consumiu, que me corroeu, que me despedaçou. Mas também admito me fez olhar pra frente e entender que tudo nessa vida tem uma razão, e que se você se machuca muito, começa a não doer mais tanto.

Caio Fernando Abreu.  (via romantizar)


EU POSSO SER DRAMÁTICO, VOCÊ NÃO.


Quando eu falo “já vou” e a pessoa continua me chamando:

vida-na-risada:

image


A professora colocou meu amigo em um grupo, e eu em outro

vida-na-risada:

image